Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010
Pacto Laboral

O país precisa de um pacto laboral. Sim, é preciso flexibilizar o despedimento individual. Mas também é verdade que os empresários têm de aumentar os salários mais baixos.



por Henrique Raposo às 10:41 | link | partilhar

Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010
Ai, o meu Benfica (I)

O início de época do meu Benfica está a ser marcado por um misto de incompetência e de hubris. É normal: a hubris é o pecado do benfiquismo. Mas basta meter Coentrão no meio-campo para sermos campeões no Natal.


daqui



por Henrique Raposo às 10:14 | link | partilhar

Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010
Os incêndios: metáfora do Estado que temos

O Estado não limpa as matas, mas um ministro quer "nacionalizar" outras matas. O Estado empata as centrais de biomassa. O Estado não deixa que as 'papeleiras' aproveitem as matas nacionais. Querem mais?



por Henrique Raposo às 10:55 | link | partilhar

Terça-feira, 17 de Agosto de 2010
Os magistrados não são funcionários públicos

A elite portuguesa é incapaz de manter um debate sobre um dado assunto. Nesta semana, já ninguém fala da crise estrutural da justiça, o Apocalipse da semana passada.



por Henrique Raposo às 10:23 | link | partilhar

Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010
A amplitude térmica de Shyamalan

 

"The Last Airbender" é uma aventura para crianças, com budistas-ninjas voadores. Parece impossível, mas este filme é do mesmo realizador de "O Acontecimento", o filme mais pesado da década.

 

daqui



por Henrique Raposo às 10:58 | link | partilhar

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
Freeport: o grau zero da justiça (I)

Ninguém fica bem na fotografia. Ninguém. Procuradores, Cândida Almeida (o escudo de Sócrates), Pinto Monteiro (a rainha da Politécnica): toda esta gente devia ir de férias. Para sempre.



por Henrique Raposo às 09:11 | link | partilhar

Sábado, 7 de Agosto de 2010
Os "profissionais" da caridade

A globalização retirou centenas de milhões da pobreza. Ao contrário do que reza o mito vigente, há menos pobres no mundo. E isto incomoda muitos profissionais da caridade e da indignação.



por Henrique Raposo às 15:17 | link | partilhar

Segunda-feira, 2 de Agosto de 2010
As incoerências da "golden share"

No 'caso Vivo', alguém ficou a perceber qual era o "interesse nacional" que Sócrates tanto invocou? Era o interesse dos accionistas? Ou tudo isto não passou de uma birra desastrosa do primeiro-ministro?



por Henrique Raposo às 13:33 | link | partilhar

Quarta-feira, 28 de Julho de 2010
Sócrates e a (in)justiça

1. O caso Freeport mostra, mais uma vez, que o Ministério Público é um dos grandes problemas do país: vários procuradores, protegidos pelo seu ilegítimo sindicato, fazem o que querem, e nunca são responsabilizados.

 

2. Isto é sobre a justiça. Agora, sobre a "responsabilidade política", a conversa é outra. Num país com estruturas institucionais fortes, um ministro do ambiente que deixa um monstro comercial invadir uma área ambiental reservado nunca mais era ninguém. Sucede que, em Portugal, não existe responsabilização política (O parlamento é um sítio para a retórica e não um instrumento de contra-poder, por exemplo; reparem na escandaleira que o PS fez sobre algo que devia ser normal: comissão de inquérito). Sim, o buraco institucional é enorme, mas não podemos aceitar que o MP faça aquilo que a política não faz. Não posso aceitar a via daqueles que querem responsabilizar Sócrates através do MP. A emenda é pior do que o soneto.



por Henrique Raposo às 10:43 | link | partilhar

Quinta-feira, 22 de Julho de 2010
Passos contra Sá Carneiro

No campo das medidas institucionais, a proposta de revisão constitucional do PSD é um pequeno absurdo. Estamos perante um estranho e precipitado regresso ao passado pré-1982.



por Henrique Raposo às 10:31 | link | partilhar

Quarta-feira, 21 de Julho de 2010
Sim, é preciso flexibilidade laboral

A OCDE, a Comissão Europeia, os empresários estrangeiros e o Banco de Portugal são claros: a rigidez do nosso mercado laboral é um problema. O PSD está a mexer nessa ferida, e ainda bem.



por Henrique Raposo às 10:25 | link | partilhar

Terça-feira, 20 de Julho de 2010
E se Polanski fosse um bispo?

Aqueles que passam a vida a vampirizar a Igreja por causa da pedofilia são os mesmos que ficam muito contentinhos por verem Polanski a fugir do seu passado de pedofilia. Bravo.



por Henrique Raposo às 10:22 | link | partilhar

Segunda-feira, 19 de Julho de 2010
O bunker dos sindicatos

Eu gostava de ser sindicalista. Juro. Eu gostava de ter aquela capacidade para desprezar a realidade e, ao mesmo tempo, sentir a virtude que advém desse desprezo pela realidade. Juro.



por Henrique Raposo às 10:33 | link | partilhar

Sexta-feira, 16 de Julho de 2010
Parabéns ao Banco de Portugal

O facto mais importante da semana não foi o "estado da nação", mas sim o relatório do Banco de Portugal. Está lá tudo: flexibilizar o mercado laboral, acabar com os monopólios protegidos, etc.



por Henrique Raposo às 12:44 | link | partilhar

Houston em Varsóvia

 

Crónica da semana passada:

 

... Para um português habituado à bullshit do costume, um político polaco é um extraterrestre. Ao contrário de Sócrates & cia., a elite polaca não assenta o seu discurso nos livros de autoajuda e de pensamento positivo. Esta gente fala a linguagem da política, isto é, a linguagem dos factos. Isso ficou evidente numa reunião com Jan K. Bielecki (ex-PM) e P. Wojciechowski (secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros). De forma clara, estes dois homens explicaram as fragilidades das economias do sul da Europa. E deram essa explicação de forma simples. Afinal, tal como dizia Bielecki, isto não é "rocket science". De facto, não é difícil perceber o seguinte: não se pode construir um estado social nórdico com base numa economia grega. De igual forma, também é fácil perceber que os países superendividados têm de cortar nos salários da função pública. Aliás, foi isso que aconteceu em toda a Europa endividada (da Letónia à Irlanda). Os cortes na função pública só ainda não chegaram a Portugal. Porquê? Bom, porque em Portugal a realidade é o 'neoliberalismo', e os factos são a vanguarda da 'reação'. Sim, sr. Bielecki, isto não é 'rocket science', mas alguém em Lisboa precisa de pegar num telefone para gritar "Houston, we have a problem".



por Henrique Raposo às 07:18 | link | partilhar


autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009