Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Clube das Repúblicas Mortas

Clube das Repúblicas Mortas

15
Set11

Globalização, comércio livre, proteccionismo: querem sol na eira e chuva no nabal

Henrique Raposo

 

(...)

 

Perante os monstros asiáticos, os EUA deparam-se com o «paradoxo Wal-Mart» (p. 191). Ao comprar os seus produtos na Ásia, os supermercados Wal-Mart oferecem produtos aos americanos a um preço baixíssimo. O paradoxo é, portanto, o seguinte: o sucesso do Wal-Mart – que alimenta o consumismo acelerado da maioria dos americanos – leva ao desemprego uma minoria de americanos; para serem baratos, os produtos têm de ser produzidos na Ásia e não nos EUA, logo, ocorrem deslocalizações de empregos para a China/Índia. No geral, a economia americana beneficia com a ascensão asiática, mas há um efeito dramático num sector diminuto da população: os que perdem o emprego.

 

(...)

 

Público, 2007

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Henrique Raposo:

  •  
  • Rui Ramos:

  •  
  • Notícias

  •  
  • Revistas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D