Terça-feira, 29 de Junho de 2010
Queiroz, o Guterres da bola

O homem matou a equipa ao tirar o nosso melhor jogador no jogo, Hugo Almeida. Almeida saiu uns minutos após ter causado o lance de maior perigo de Portugal (o quase autogolo de Puyol). E Queiroz tira-me o homem do jogo. Um génio. A saída do Hugo Almeida fez-me lembrar a saída de Paulo Torres no 6-3. Um génio, Queiroz. É óbvio que precisamos de outro seleccionador. Queiroz é o Guterres do futebol.

 

Apesar de tudo, não foi mau. Os nossos melhores jogadores ficaram em Lisboa: Bosingwa, Nani, Quaresma, Ronaldo e Deco. O nosso treinador é o pior do mundo: Queiroz jogou vários jogos com 4 centrais em campo (qual é o fetiche de Queiroz por Pepe?). Se leva dois laterais direitos (Ferreira e Miguel), por que razão mete o Costa? Por que carga de água nunca meteu no flanco esquerdo Coentrão e Ronaldo? A única jogada de jeito de Portugal ao longo do jogo apareceu quando Ronaldo esteve por breves minutos na esquerda. Porra. E mesmo assim chegámos aos quartos, jogando com Brasil e Espanha. Não foi mau de todo.



por Henrique Raposo às 22:28 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009