Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Clube das Repúblicas Mortas

Clube das Repúblicas Mortas

27
Mai13

Cavaco e a falácia do bom-nome

Henrique Raposo

 

"... O Presidente julga que o nome Cavaco Silva lança uma luz de pureza sobre as coisas. Lamento, mas não é assim. Não é assim com José Sócrates, não é assim com Cavaco Silva, não é assim com a Águia Vitória, não é assim com o Papa. A presunção de Cavaco não é uma explicação. Aquela lengalenga do eu-sou-mais-puro-do-que-os-outros-porque-não-sou-político-profissional não é uma explicação. Estamos a falar de transparência de um titular de um cargo de soberania, logo Cavaco devia ter explicado as coisas de outra forma (...)  Naquela época, o BPN era legalíssimo e o Dias Loureiro e o Oliveira e Costa eram "pessoas honradas", segundo o Banco de Portugal. O problema é que Cavaco é demasiado arrogante para admitir que a sua pureza esteve associada a pessoas menos transparentes. É assim na terra do bom-nome".

27
Mai13

Sócrates e a falácia do bom-nome

Henrique Raposo

"... A liberdade respeitosa de Sócrates assenta num malabarismo jurídico: o primeiro-ministro José Sócrates, o homem público que deve ser escrutinado sem piedade, esconde-se atrás do direito ao bom-nome do José. Ou seja, quando não gosta das críticas dirigidas à sua conduta pública, Sócrates invoca que o José ficou ofendido; uma crítica pública dirigida ao primeiro-ministro é assim transformada numa ofensa pessoal. Truque catita, ah! E não fica por aqui. Além de proteger o primeiro-ministro das críticas, esta artimanha legitima manobras impróprias, como se viu nos últimos dias. Os adeptos do socratismo acham normal que o José aplique uma pressão mui privada, ora essa, sobre os média. No país da liberdade respeitosa, o José pode andar a telefonar para as redacções com o objectivo de congelar as perguntas incómodas que é preciso fazer a José Sócrates. E, claro, a pressão do José sobre um executivo de televisão é uma mera "conversa privada...".

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Henrique Raposo:

  •  
  • Rui Ramos:

  •  
  • Notícias

  •  
  • Revistas

  •  
  • Blogs

  •  
  • Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D