Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010
...

 

 

roubado ao PPM.



por Henrique Raposo às 10:20 | link | partilhar

Prestar contas

(...)

III. Porquê? Porque José Sócrates fez um acordo com o país em Maio (PEC II). Agora, passados quatro meses, José Sócrates não presta contas sobre esse acordo. Pediu um segundo acordo (PEC III) sem dizer o que fez em relação ao primeiro. Isto é uma governação sem um pingo de prestação de contas (accountability). O PS e José Sócrates estão a desrespeitar o parlamento e a democracia. O que não deixa de ser uma ironia: o PS e o primeiro-ministro passam a vida a falar da "ética republicana", mas depois não cumprem os critérios básicos da ética política, que estão relacionados com a prestação de contas dos titulares de cargos públicos.

PS: Só volto a ver uma entrevista de José Sócrates quando a dupla de entrevistadores for esta: Bernardo Ferrão e um rottweiler.

 

Do Expresso online



por Henrique Raposo às 09:31 | link | partilhar

Sábado, 2 de Outubro de 2010
Querem um desenho?

1. Na reunião dos países do euro, Teixeira dos Santos já recebeu outro acertado recado: "olha, já cortaste na despesa, mas agora tens de flexibilizar a lei laboral". Querem um desenho? Quando saiu de Portugal, o anterior director da Auto-Europa, Andreas Hinrichs, afirmou o seguinte ao Expresso: "Portugal precisa de mais flexibilidade laboral". Querem um desenho?

 

2. É triste: as mudanças necessárias são sempre impostas a partir de fora. A UE e Hinrichs estão apenas a dizer aquilo que um número enorme de liberais portugueses anda a dizer há anos. Há anos. Mas, claro, estes liberais são "neoliberais fascistas", ilegítimos e aquilo que dizem não pode ser seguido. Porém, aquilo que estes agentes perigosos da CIA sempre afirmaram vai agora ser implementado devido a pressões vindas da UE. A UE não é neoliberal fascista? Porque vem da UE, essa flexibilização laboral é "técnica", logo, "inevitável"? Porque razão se aceita x se a origem for externa, mas já não se aceita x se a origem for portuguesa? É o complexo Gramido.



por Henrique Raposo às 18:59 | link | partilhar

Embrulha

Engano é um gajo querer ligar à amante e ligar à mulher. Engano é pôr sal no café em vez de açúcar. Engano é o César Peixoto fazer uma jogada de jeito. O que se tem passado com Teixeira dos Santos, Sócrates & Cia não é engano. É incompetência, má fé, irresponsabilidade e chico-espertismo.

 

Filipe Santos Costa



por Henrique Raposo às 15:21 | link | partilhar

Manos

 

O da direita é, provavelmente, o único filme aceitável de Joel Schumacher. Podia ser muito bom. O da esquerda é um grande, grande filme.



por Henrique Raposo às 14:39 | link | partilhar

Antígona all over the place

1. "... a ter de escolher entre a justiça e a lei. Em resumo: a grande literatura a falar do que realmente interessa"

Ana Cristina Leonardo, no Atual/Expresso, sobre um livro de Melville, Billy Budd.

 

2. A malta amiga com filhos pequenos nunca percebe as minhas prendas, mas, pá, o Moby Dick é o livro que se deve ler a uma criança, naquela cena clássica do bedtime story.



por Henrique Raposo às 14:31 | link | partilhar

Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010
Damn Right

Daniel Bessa: o 29 de Setembro derrubou tabus.

 

Por outras palavras, o estado de negação acabou.



por Henrique Raposo às 17:01 | link | partilhar

Vão gozar com a vossa mãe, pá!


por Henrique Raposo às 16:05 | link | partilhar

Sempre a PT


Carlos Moedas



por Henrique Raposo às 16:02 | link | partilhar

Uma coisa que o sector público desconhece e que dá pelo nome de "despedimentos"

(...)

Uma penúltima nota: Teixeira dos Santos disse ontem que não há condições para haver aumentos no sector privado. Ou está louco ou é parvo: o "sector privado" está há três anos a suportar a crise. Cortes nos prémios, nos bónus, nos aumentos e nas promoções - para não falar numa coisa que o sector público desconhece e que dá pelo nome de "despedimentos" - são uma realidade que há muito o "sector privado" conhece, e que é muito mais pesado do que este patético corte de 5% do salário (que significa, descontando o aumento de 2,9% do ano passado, que o funcionário público estará a ganhar menos 2,1% do que no início da crise). Portanto, o senhor ministro que esteja caladinho porque se o "sector privado" (gosto muito deste conceito) quiser fazer aumentos de 50% tem todo o direito de o fazer; aliás, isso até significaria um aumento das receitas do IRS. Chiça.

(...)

 

Lourenço Cordeiro



por Henrique Raposo às 15:52 | link | partilhar

AD, if you please, III

Caro dr. Passos, caro dr. Portas, venho por este meio informá-los de que não votarei nem no PSD nem no CDS. Eu só colocarei a minha lunática cruzinha no quadrado da AD. Sim, eu bem sei que a AD é uma espécie de unicórnio lendário, perfeito mas impossível, belo mas inconcebível. Porém, se não se importam, eu vou explicar por que razão a AD não pode ser um unicórnio intangível. A AD, meus caros, é uma necessidade.

(...)

 

Crónica de sábado passado.



por Henrique Raposo às 15:46 | link | partilhar

Mãe, a UE é má!

I. A brincar a brincar, a UE está sob uma pressão tremenda. Não é exagero dizer que estamos a passar pela maior crise da UE. Por causa do euro, a tensão entre a Europa do Norte e a Europa do Sul é uma realidade que promete azedar as coisas, sobretudo porque o Sul tem uma estranha mania: "olha, vamos gastar o que temos e o que não temos, vamos colocar a idade da reforma, vá, nos 50 anos, porque os tipos lá na Alemanha pagam tudo". Depois, a guerra da França contra os ciganos e contra a Comissão tem aquele ar de prenúncio de tempos complicados. E se esta guerra chega à questão muçulmana?

 

(...)

 

No Expresso online



por Henrique Raposo às 15:42 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009