Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012
Moscavide

Crónica do Expresso de sábado



por Henrique Raposo às 13:14 | link | partilhar

A defesa de Ana Drago


Coluna de hoje do Expresso online



por Henrique Raposo às 10:00 | link | partilhar

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012
O PCP a dar beijos no bigode de Hitler

É esta a malta que representa "os trabalhadores portugueses".



por Henrique Raposo às 18:59 | link | partilhar

O salário dos deputados

A AD tem de fazer qualquer coisa para remendar o erro Catroga/Cardona. O fosso entre políticos e população é cada vez maior. Neste sentido, uma sugestão: anexar o salário do deputado ao salário médio nacional. Se o salário médio for 800 euros, então, o deputado deve ganhar 800x4. Se, entretanto, o salário médio baixar para 765, pois muito bem, o salário do deputado deve ser 765x4. É pouco, dizem V. Exas.? Não, não é. O ponto de referência não deve ser a folha salarial dos escritórios de advogados da Av. da Liberdade, mas o salário médio da população. Isto não é um pormenor.

 

Expresso, 21 de Janeiro



por Henrique Raposo às 17:14 | link | partilhar

Sebald ainda simboliza a Alemanha?

Henrique Raposo, A Tempo e a Desmodo - Sebald ainda simboliza a Alemanha?

 

Crónica de hoje do Expresso online



por Henrique Raposo às 10:30 | link | partilhar

in "O Jogo"

Surpresa? Só para quem não viu e ainda não leu esta crónica. O FC Porto perdeu, e bem, em Barcelos, atrasando-se na luta pelo título. Dirão os adeptos portistas com melhor estômago para digerir este resultado que ainda falta muito campeonato, só que o principal problema é que a exibição de ontem foi ainda pior do que o 3-1. O Gil Vicente foi muito eficaz - quatro remates, três golos -, mas, acima de tudo, uma equipa tranquila e bem posicionada no terreno. Hugo Vieira foi um quebra-cabeças para a defesa portista, o meio-campo soube circular a bola e a defesa nunca perdeu a tranquilidade por mais homens que o FC Porto lá colocasse.



por Henrique Raposo às 08:40 | link | partilhar

Sábado, 28 de Janeiro de 2012
Pedagogia dos anos 80



por Henrique Raposo às 11:39 | link | partilhar

Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012
Sócrates a fazer vida de rico em Paris? A offshore com buço explica

 

Crónica de 17 de Setembro: "Offshore com buço"

 

Meu caro José Sócrates, tinha tantas saudades suas. Nem imagina. Estou tão contente por V. ter voltado à ordem do dia. Sabe porquê? Porque assim eu tenho - finalmente - a oportunidade de defendê-lo. Há muito que sonhava com o dia em que pudesse dizer "já não estou sozinho na minha estupidez, eu também defendi, desculpei e contextualizei José Sócrates, o nosso El Cid anti-troika". Eu quero ser o seu paladino contra a nova calúnia, contra a nova campanha negra. Ai que saudades, meu caro.

Como V. sabe, anda por aí um jornal a dizer que o meu amigo tem uma família muito especial e suspeita, pois parece que as suas tias e os seus primos têm uma conta offshore que movimentou 380 milhões. Não se apoquente, caro José. Estes jornalistas são uns simplórios e uns desconfiados. Veem o mal em todo o lado. Esta gentinha dos jornais não sabe que ter uma tia com uma offshore é uma coisa normalíssima. Esta nova cabala é, portanto, mais um episódio da sanha persecutória contra os ricos. Então uma pessoa já não pode amealhar milhões de euros num simples trabalho de província? Por exemplo, a minha Ti Milú, lá de Beja, não tem uma, mas duas contas offshore. Uma é para comprar uns sapatos caros, a outra é para a lida da casa. Esta malta de Lisboa pensa o quê? Que é preciso ter estudos para se abrir uma conta offshore? MBA? Nada disso. A minha tia tem o MBA da vida. A Ti Milú trabalhou muito. Fez-se à vida, montou a sua retrosaria e, num milagre quântico, saltou da Retrosaria Raposo para as Ilhas Caimão. Diga lá, meu caro, se isto não é um hino à ascensão social através do mérito? A tiazinha nem sequer precisou de uma família de gestores geniais como a sua. Bastou-lhe o MBA da rua, da vidinha, do calinho na mão.

Caro José, não se preocupe com esta historieta. Provavelmente, é tudo mentira (sabe como são os jornalistas, não é?). Mas, mesmo que seja verdade, tudo isso é normal. É perfeitamente normal um sujeito ter uma tia na Guarda ou Covilhã com uma offshore nas Ilhas Caimão ou assim. É a chamada offshore com buço, uma prática prevista por Basileia III. 



por Henrique Raposo às 11:28 | link | partilhar

Olhar para a Angola que é mimada pelo dr. Relvas (e pela RTP e RDP)

Henrique Raposo, A Tempo e a Desmodo - Olhar para a Angola que é mimada pelo dr. Relvas (e pela RTP e RDP)

 

 

Coluna de hoje do Expresso online



por Henrique Raposo às 11:14 | link | partilhar

Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2012
O nosso herói do Holocausto

Henrique Raposo, A Tempo e a Desmodo - O nosso herói do Holocausto

 

 

(...) Tendo em conta a estatura homérica destes actos, não se compreende o relativo desprezo da cultura portuguesa por Aristides. Não há uma grande biografia. Não há um romance. Não há uma série de TV. Não há um filme. Temos um Schindler e não lhe damos valor. É como se a expressão "herói português" fosse, em si mesma, uma contradição em termos. É como se a expressão "herói português" fosse um incómodo para a nossa visão cínica de Portugal.



Ler mais: http://aeiou.expresso.pt/o-nosso-heroi-do-holocausto=f701365#ixzz1kYBOy1Tm



por Henrique Raposo às 10:16 | link | partilhar

Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012
"Herói português" é uma contradição em termos, não é verdade?


por Henrique Raposo às 22:25 | link | partilhar

Ui, ui, os inquilinos injustiçados
A senhora do 3.ºesquerdo paga 20 euros e usa isto como um armazém. O do 2.ºesquerdo paga 100 euros (loucura) e usa isto como casa de engate. Um dia destes vou fazer-lhe companhia.



por Henrique Raposo às 13:14 | link | partilhar

Banco Alimentar ajuda Cavaco

Coluna de hoje do Expresso online



por Henrique Raposo às 09:43 | link | partilhar

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012
Os piratas anónimos

Por Ana Rita Guerra



por Henrique Raposo às 17:38 | link | partilhar

Isto é tão bom



por Henrique Raposo às 11:25 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009