Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011
Nas bancas esta sexta-feita

 

 

Portugal do Avesso, as crónicas da crise e da redenção (2009-2011)

 

 

D. Manuel Clemente, no prefácio: "Neste sentido é expoente de uma geração nova e afirmativa".



por Henrique Raposo às 10:00 | link | partilhar

O Bullying de Sócrates sobre Seguro

 

Coluna de hoje do Expresso online:

 

(...)

 

Moral da história? Os socráticos querem que Seguro vote contra o OE'12, porque uma abstenção de Seguro representa (representará?) um PS que aceita como verdadeiro o buraco orçamental deixada por Sócrates, porque uma abstenção de Seguro representa (representará?) uma condenação tácita da herança de Sócrates. E esta gentinha socrática não aceita isto. Porquê? Porque esta fauna não está a defender o país. Está a defender, isso sim, o seu dono, essa pessoa genial que anda a pavonear os fatos Armani pelos melhores restaurantes de Paris.





por Henrique Raposo às 09:30 | link | partilhar

Portugal, apesar de tudo, não é o Burundi (3)

A empresa Waydip, criada na Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, foi selecionada como uma das 50 novas firmas mais inovadoras do mundo, num concurso da Kauffman Foundation




por Henrique Raposo às 08:13 | link | partilhar

Que porra é um gigabyte

Jobs nos restituiu a ideia de que nós, humanos, é que fazemos a ciência e que ela não aponta necessariamente para um futuro terrível e negro, como nos livros de ficção científica. A tecnologia pode ser lúdica, compreensível, de fácil acesso, mesmo que não saibamos que porra é um gigabyte ou como se monta uma placa-mãe. Jobs humanizou a criação técnica, deu um rosto à máquina. Ansiávamos por um autor, por alguém que criasse tecnologia e não foi apenas 'criado' por ela.

 

Arnaldo Jabor



por Henrique Raposo às 07:55 | link | partilhar

Domingo, 30 de Outubro de 2011
A esquerda Kadhafi

 

Jean Ziegler, um indivíduo que criou uma coisa chamada Prémio Kadhafi para os Direitos Humanos.



por Henrique Raposo às 19:11 | link | partilhar

Este senhor está a ser vítima de bullying, e o rufia é o socratismo

 

 

Isso é suficiente para gostar muito deste senhor. Quem é atacado pela canalha socrática só pode ter a minha estima.



por Henrique Raposo às 17:32 | link | partilhar

Irmandades



por Henrique Raposo às 16:54 | link | partilhar

Irmandades

 

Depois de lerem isto do Francisco sobre Downton Abbey, têm de ler Bilhetes de Colares. A mãe de Kotter é uma Maggie Smith couraçada, e o mordomo é um ex-comando. Bilhetes de Colares, minha gente, dava um grande seriado português. 



por Henrique Raposo às 15:30 | link | partilhar

Não há eufemismo publicável para isto

Sócrates pede ao PS que vote contra OE



por Henrique Raposo às 14:12 | link | partilhar

Hobbes com zombies

 

O que fascina nesta série, aliás, o que fascina nestes ambientes é o estado da natureza. Os zombies, ou os ETs, ou os motards de Mad Max são o pretexto para a recriação do estado da natureza, a ausência da lei, a ausência do Leviatã. O fascínio que encerram vem daqui. Como o Ocidente já não se lembra do que é uma guerra ou guerra civil, a nossa cultura tem de encontrar outros territórios para ilustrar este medo hobbesiano. É por isso que há tanto filme e série com zombies, ETs invasores (cenário pós-apocalíptico, pós-Leviatã) ou com orcs e elfs (um cenário medieval, ou melhor, mítico pré-Leviatã). Por seu lado, a cultura chinesa não precisa de zombies e orcs. O medo hobbesiano não saiu do mapa mental chinês e asiático e, por isso, boa parte do cinema chinês gira em torno das guerras civis anteriores à unificação e em torno do período de humilhação às mãos de ocidentais e japoneses. Hobbes, meus amigos, é intemporal e universal.  

 



por Henrique Raposo às 12:49 | link | partilhar

Sábado, 29 de Outubro de 2011
Coisas que não me saem da cabeça

 

"Respect is the ultimate currency"



por Henrique Raposo às 16:58 | link | partilhar

Quem é que tem medo do Paulo Campos? E porquê?

É a única pergunta que me vem à cabeça por estes dias.



por Henrique Raposo às 15:15 | link | partilhar

Segundo a ordem dos médicos, podemos extinguir esta instituição sem qualquer utilidade.



por Henrique Raposo às 14:12 | link | partilhar

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011
Sr. PGR, o dr. Paulo Campos não fugiu para o Brasil, está ali no parlamento

.



por Henrique Raposo às 22:31 | link | partilhar

Eu gostava muito, mas não cabe na varanda

 

Ninguém compra o Estádio de Leiria. 



por Henrique Raposo às 14:25 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009