Quinta-feira, 31 de Março de 2011
Era para fazer piadinha, mas vai mesmo assim: isto é nojento
"Este Governo não tem legitimidade nem condições para negociar seja o que for", Teixeira dos Santos a fazer birrinha. Perderam em toda a linha, e agora estão a fazer política de terra queimada.
Com a revisão do défice para níveis ainda mais altos, o governo perde (nunca a teve, mas enfim) a carta do "foi a oposição que nos colocou aqui". Só têm uma saída minimamente decente: recorrer ao FEEF. Problema? O egoísmo estúpido do primeiro-ministro e do PS, que se recusam a admitir o fracasso das suas políticas.
Como se tudo isto não fosse suficiente, o PS quer esconder o real estado das contas. Ou seja, o PS está a esconder a realidade, e diz que isso é do interesse nacional. Ou seja, o PS acha que a "mentira" é do "interesse nacional". Faz sentido, sim senhora, tendo em conta a história deste governo.
Sr. Presidente, o murro na mesa, sff.


por Henrique Raposo às 16:28 | link | partilhar

Nova desculpa de Sócrates: a UE fez batota


por Henrique Raposo às 13:18 | link | partilhar

Portanto, isto agora é culpa de quem? A crise política tem efeitos retroactivos?


por Henrique Raposo às 12:15 | link | partilhar

Schopenhauer plus S. Paulo



por Henrique Raposo às 12:12 | link | partilhar

Os senadores têm de vir para a rua

Crise política é "golpe" de Sócrates para se vitimizar

António Barreto

 



por Henrique Raposo às 11:25 | link | partilhar

Nobel para a Socrates School of Economics, sff

 

Coluna de hoje do Expresso online:

 

(...)

 

16 anos de governação PSnão contam para nada nesta perspectiva epistemológica revolucionária no campo do pensamento económico. Genial, pá.

Não sei se a Socrates School of Economics conseguirá vencer o Nobel da Economia, mas como literatura não está mal, não senhor: é a aplicação do realismo mágico aos assuntos económicos.

 



por Henrique Raposo às 10:53 | link | partilhar

O PS tornou-se numa força perigosa, perigosa para as regras básicas da democracia

PS quer peritos orçamentais em silêncio até às eleições

 



por Henrique Raposo às 09:33 | link | partilhar

Quarta-feira, 30 de Março de 2011
O anti-fascismo está acima do bem e do mal?

 

1. Depois disto tudo, Alberto Martins não se demite?

 

2. Levantou a voz a Américo Tomás há 40 anos, logo, está acima do bem e do mal? É esta a moral do regime?



por Henrique Raposo às 18:01 | link | partilhar

Ideias para a campanha de José Sócrates

1. Dizer que todos os jornalistas estrangeiros são agentes à paisana da Fitch, essa Gestapo financeira.

2. Dizer que o FMI tem divisões de panzers nos Pirinéus, à espera das ordens de Bush.

3. Orquestrar uma nova Marinha Grande. Sócrates não tem o corpanzil de Soares, mas é menino para se aguentar.

4. Declarar estado de emergência e suspender as eleições.



por Henrique Raposo às 17:36 | link | partilhar

O "anti-fascismo" é como o queijo: afecta a memória

 

O Correio da Manhã diz que o ministro sabia do pagamento à mulher. Eu acho que o Correio está a ser injusto, bolas. Ele não sabia. Ele simplesmente perdeu de vista o nome da mulher durante uns breves minutos. Acontece. Eu, às vezes, esqueço-me do dia de anos da minha mãe. Nunca me esqueci do nome dela, é verdade. Mas também é verdade que não sou "anti-fascista"



por Henrique Raposo às 16:41 | link | partilhar

A classe do PS socrático

Renato Sampaio2



por Henrique Raposo às 14:37 | link | partilhar

Coluna de hoje do Expresso online:


Paulo Pedroso fez ou não tráfico de influências?

 



por Henrique Raposo às 11:33 | link | partilhar

Helena Garrido

Helena Garrido está a ser uma das vozes mais honestas e inteligentes desta crise política e económica.



por Henrique Raposo às 11:21 | link | partilhar

A Era Socialista (1995-2011) é uma beleza

https://lh4.googleusercontent.com/-86Gho1MQym8/TYhB9OZzuWI/AAAAAAAAB6A/3HZ-chr6jcY/s1600/consumosintermedios%2525PIBDESMITOS.png

 

Gastos intermédios do Estado. É daqui que aparecem as tais clientelas?



por Henrique Raposo às 10:40 | link | partilhar

Terça-feira, 29 de Março de 2011
Merecem, não merecem?

Ajudei uns bifes aqui no bairro. Estavam um bocado aflitos com o metro. Disse que "estavam em greve". O olhar dos bifes não deixava dúvidas: "filho, o teu país merece três bancarrotas". Não tive resposta para aquele olhar.



por Henrique Raposo às 17:05 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009