Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011
Acordai

 

 

 



por Henrique Raposo às 22:18 | link | partilhar

E que tal um rotativo nos queixos do lulu?

 

Se eu apanho a dupla que suja a minha rua (cão e respectivo humanóide), a coisa vai ficar feia.



por Henrique Raposo às 13:39 | link | partilhar

Trajes

 

Da Folha



por Henrique Raposo às 11:49 | link | partilhar

Os abracinhos de Sócrates a Kadhafi faziam sentido?

 

Texto de hoje do Expresso online:

 

 

I. José Sócrates e Luís Amado têm razão numa coisa: seja qual for o seu regime, a Líbia é do interesse estratégico português. Sobre isto, não há discussão. O mesmo pode ser dito sobre a Argélia. Muitos anjinhos discordam desta asserção. Estamos a falar dos puros, dos donos do coração e da moral. Mas, curiosamente, estes puros também gostam do duche de água gente (made in Argélia) e do seu popó (motorizado com uma coisa made in Libia).


II. Porém, existe aqui um problema: proteger um interesse estratégico não é o mesmo que andar aos beijinhos com um ditador.



por Henrique Raposo às 09:38 | link | partilhar

Domingo, 27 de Fevereiro de 2011
A aliança entre a esquerda anti-globalização e a Líbia de Khadafi

 

Jean Ziegler, o senhor responsável pelo prémio Khadafi para os direitos humanos.

 


 


 




por Henrique Raposo às 17:09 | link | partilhar

Sábado, 26 de Fevereiro de 2011
Perceber a Alemanha (VII)


"O Complexo de Baader-Meinhof" (2008) mostra uma parte esquecida da história da Alemanha: o terrorismo de extrema-esquerda dos anos 70. Estes jovens do Baader-Meinhof transformaram a 'delinquência' em 'ativismo' . E o 'assassínio de inocentes' foi elevado à condição de 'defesa do proletariado e dos povos oprimidos do Terceiro Mundo'. A par desta farsa semântica típica dos progressistas cafeinados (isto é, revolucionários), o filme revela a psicose de um país sem instrumentos para lidar com o seu passado. Ao amarem aquele abstrato 'povo' do Terceiro Mundo, estes jovens evitaram confrontar-se com o passado nazi dos seus próprios pais e mães.



por Henrique Raposo às 08:57 | link | partilhar

Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011
A suprema felicidade

O Arnaldo Jabor é tão insultado como eu. Ou melhor, eu sou tão insultado como ele, que o mestre tem 70 anos.



por Henrique Raposo às 16:04 | link | partilhar

Estágios e a contratação

1. Um estágio pago não é um estágio: é um emprego subsidiado que não resolve nada. Criem as condições de flexibilidade para que as empresas empreguem as pessoas a sério. Não criem a falsa ilusão do "estágio pago". Isso é, mais uma vez, marketing que não resolva nada.

 

2. Para a semana, a Merkel explicará isto a Sócrates.

 

PS: nem de propósito - Merkel chama Sócrates para uma reunião em Berlim.



por Henrique Raposo às 14:25 | link | partilhar

Se acharem que é relevante, também posso lá meter o n.º da minha roupa interior


por Henrique Raposo às 13:46 | link | partilhar

Ratzinger e a ilegalização de Deus

Coluna de hoje do Expresso online:

 

(...)

 

Aliás, esse também parece ser o interesse dos supostos especialistas da Igreja. Em Luz do Mundo - O Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos, por exemplo, o entrevistador/especialista Peter Seewald perde metade do tempo com as questões, vá, mediáticas: pedofilia, casamento de padres, ordenação de mulheres. Com certeza: o Papa deve pedir desculpa pelos actos de pedofilia. Mas reduzir Ratzinger à condição de tipo-que-pede-desculpas e de tipo que gere-a-agenda-preferida-dos-media (quando é que os padres podem casar? E haverá mulheres no sacerdócio?) é muito poucochinho. Ratzinger é um dos grandes intelectuais públicos europeus e a sua voz merece ser ouvida sobre as grandes questões das nossas sociedades. A sua voz não pode ficar confinada à "comunidade de crentes" (T. S. Eliot dixit). Por outras palavras, apesar de ser um homem de Jerusalém, Ratzinger tem coisas a dizer sobre a gestão de Atenas. Podemos ou não concordar com essas posições, mas não as podemos descartar à partida, não podemos dizer "ah, são do Papa, logo, não interessam". Além de falta de inteligência, esta posição gozona revelaria intolerância.



por Henrique Raposo às 09:09 | link | partilhar

Dona Augusta e Tocqueville

A crónica da semana passada.



por Henrique Raposo às 08:56 | link | partilhar

Quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011
As Líbias e o racismo de Berlusconi

Ontem, Durão Barroso fez bem em meter o racismo de Berlusconi na ordem. Tal como fez bem em meter Sarkozy na ordem neste ponto. O que isto tem que ver com as Líbias e afins? Tudo. A Europa tem de ter uma política decente de imigração. E isto não é nem Berlusconi (fecha e bate nos gajos) nem Bloco de Esquerda (ai entra tudo, que isto é da Joana).



por Henrique Raposo às 16:46 | link | partilhar

A tenda de Kadhafi

- O Kadhafi armou a tenda em Oeiras.

 

(conversas do café do bairro)



por Henrique Raposo às 09:14 | link | partilhar

Série "fox memory"

A Líbia foi chefe (ou ainda é?) da comissão de direitos humanos da ONU. 

 

PS: http://oinsurgente.org/2011/02/23/a-libia-a-onu-e-os-direitos-humanos/



por Henrique Raposo às 09:12 | link | partilhar

Hoje sou completamente anti-Alemanha



por Henrique Raposo às 08:54 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009