Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009
Frase do ano

 4. A Troca, Clint Eastwood (o Gran Torino é um grande carro mas este é o grande filme).



por Henrique Raposo às 22:31 | link | partilhar

ler, sff

 

Penso, logo acho (o meu adeus ao DN), João Miguel Tavares.



por Henrique Raposo às 12:00 | link | partilhar

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009
(Alguns) livros da década (I)

Entre a literatura e a história, aqui fica um possível top 30 dos livros da década 2000-2009.



por Henrique Raposo às 14:34 | link | partilhar

Sábado, 26 de Dezembro de 2009
Um liberal

 

 

... Se não fossem estes génios iletrados, estranhos ao hábito da leitura, os nossos jacobinos poderiam ter o prazer de descobrir uma surpreendente modernidade política no pensamento de MC. Em "1810 - 1910 - 2010" (Assírio & Alvim), por exemplo, o bispo do Porto desenvolve aquilo que pode ser descrito como uma laicidade à americana. Partindo da modernidade política do Concílio de Vaticano II (1962-65), MC critica a ideia de "estado confessional". Os católicos devem defender o "estado secular". Porém, a neutralidade do estado não deve invalidar a presença da religião na sociedade. 'Estado' e 'sociedade' são duas realidades distintas. O estado deve ser secular, mas a sociedade não deve ser secularizada à força. Por outras palavras, MC critica a laicidade à francesa (aquela que ainda temos), e defende uma laicidade à americana (aquela que deveríamos ter).

Ora, este livro de MC acaba por ser uma lição de história de Portugal, porque resulta de uma leitura atenta das 'guerras civis' que varreram o país durante os séculos XIX e XX....



por Henrique Raposo às 10:45 | link | partilhar

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009
O poder do ódio jacobino

Crónica do Expresso do sábado passado: "Os 'inclementes' de 1910"

 

[...] Como é óbvio, a velha inclemência jacobina nunca admitiria que MC é um intelectual interessante. Para estes 'inclementes' de Afonso Costa, um bispo só pode ser um medíocre. Por isso, nem precisam de ler. Basta-lhes o ódio, essa poderosa fonte de conhecimento. O ódio tem várias origens, mas tem sempre o mesmo efeito: simplifica o mundo aos olhos do 'odiador'. Para o 'odiador' jacobino, o mundo é muito simples: há os bons (os jacobinos) e os maus (os católicos). Tenho a dizer que, por vezes, até sinto uma certa inveja desta clareza do 'odiador' jacobino. É que este ódio facilitar-me-ia a vida. Se possuísse esta raiva anticlerical, deixaria de ter dúvidas e, acima de tudo, passaria a ter à minha disposição um inimigo que legitimaria todos os meus disparates: a infame [...]



por Henrique Raposo às 11:46 | link | partilhar

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009
"Avatar" e a pocilga das pipocas

As pessoas querem salvar o mundo, mas não conseguem salvar o metro quadrado onde vêem um filme.



por Henrique Raposo às 10:51 | link | partilhar

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009
Um dos maiores: Ettore Scola

 

A mulher é compreensiva, basta bater-lhe.



por Henrique Raposo às 22:05 | link | partilhar

O título

Está aqui o título do próximo romance de Lobo Antunes.



por Henrique Raposo às 21:58 | link | partilhar

Um bom começo

 

Se tivesse dado um tom sombrio ao filme (como em Aliens ou Terminator), Cameron tinha feito um grande filme. Mas o dinheiro gasto em "Avatar" era demasiado para arriscar no argumento. E, agora, espera-se que Cameron faça um Aliens negro em 3D, e não uma fábula para toda a família. Porque isto da 3D é muito à frente. Hitchcock, se fosse vivo, estava a bater palminhas. Refazer o Rear Window em 3D seria um exercício fabuloso. 



por Henrique Raposo às 15:19 | link | partilhar

A Piada de Noronha

É uma questão de facto: um tribunal especial para jornalistas é uma coisa de ditaduras.



por Henrique Raposo às 14:37 | link | partilhar

Copenhaga e Nova Ordem Mundial

Ler sff este texto de João Marques de Almeida.



por Henrique Raposo às 14:24 | link | partilhar

A malta ainda lê, ou dispara antes de ler?

Os "leitores" da net têm sérios problemas. Será que é preciso meter uma tag antes de um texto a dizer "olhem, isto é ironia, ok?", "olhem, isto é sarcasmo e não é para ler de forma literall, ok?"



por Henrique Raposo às 14:09 | link | partilhar

Tenho uma garrafa de champanhe guardada para o dia em que Sócrates cair do poder

José Sócrates conseguiu, aliás, o impensável: pôr Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã a defender o Presidente da República contra os ataques do PS.

 

Paulo Pinto Mascarenhas, no i.



por Henrique Raposo às 12:41 | link | partilhar

Que bonito ver a RTP a defender o regime socrático

Ver aqui no Gabriel Silva



por Henrique Raposo às 12:18 | link | partilhar

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009
De volta ao secundário. Morricone a abrir Metallica

 

 



por Henrique Raposo às 15:23 | link | partilhar

autores
Henrique Raposo
Rui Ramos
Livros






Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009